Dicas de como economizar água, bom para o bolso e para o meio ambiente

Uma das principais preocupações que devemos ter nos dias de hoje relacionadas ao meio ambiente, é a água, não podemos esquecer dela jamais. Ela é essencial para sobrevivência dos seres vivos, um recurso natural que infelizmente é finito. Se não a preservamos e não usarmos de forma consciente, estaremos desperdiçando uma das coisas que nos mantêm vivos. Imagine o mundo sem água, ai então veremos a falta que faz.

Nesta segunda-feira, 22 de março, comemora-se o Dia Mundial da Água, e é focado nisso que vamos dá alguma dicas de como economizar nos gastos com a água, bom para o bolso e principalmente para o meio ambiente, pois nós fazemos parte dele, não se esqueçam disso.

 

Água: dicas de economia

por InfoMoney em dinheiro.br.msn

Gastos em condomínio

Uma dica para economizar a água é adotar a individualização da conta, já que há apartamentos que consomem mais que outros, mas pagam o mesmo valor. Para se ter uma ideia, segundo especialistas, a economia pode chegar a 20% com a instalação de hidrômetros individuais.

Outro bom conselho é adotar o sistema de reutilização da água, que permite aproveitar águas da chuva, de poço artesiano ou mesmo a que desce pelo ralo.

Sistema de reutilização de água

Esses recursos captados são tratados e chegam novamente aos imóveis por uma tubulação diferente. Desta forma, pode-se usar a água reciclada para lavar o carro, a calçada, fazer faxina, encher a piscina, ou mesmo para fazer o resfriamento em processos industriais.

Esses procedimentos não necessitam de água potável, como é o caso de bebedores em escolas, por exemplo, mas incentivam a autonomia de suprimentos, além do uso racional e da água, com certificação de qualidade.

Hidrômetro ajuda a detectar vazamentos

O hidrômetro é o aparelho instalado em cada imóvel ou condomínio para registrar esse consumo, e é por meio dele que a Sabesp mede a quantidade de água consumida nos 365 municípios onde opera.

Os vazamentos realmente não ajudam em nada, quando o assunto é economia. A Sabesp aconselha os consumidores a verificarem semanalmente a leitura marcada no hidrômetro, pois, dessa forma, esses inimigos invisíveis podem ser detectados através de um consumo controlado, o que evita o desperdício. Dependendo do tempo de uso e das condições de conservação, o aparelho pode se desgastar e começa a marcar consumo errado de água, nesse caso é bom trocá-lo.

Fonte: Infomoney

(Visited 32 times, 1 visits today)