A tradicional Black Friday, nos EUA, também promove os maiores descontos nas lojas do Brasil

A tradicional Black Friday, data comemorada um dia depois do Thanksgiving Day (ou Dia de Ação de Graças) nos Estados Unidos, que promove os maiores descontos do ano nas lojas, chegou ao Brasil. O País lançou sua versão do evento como mais um motivo para alavancar as vendas do comércio, principalmente o e-commerce.

Várias empresas estão apostando na ideia. O Walmart, por exemplo, em parceria com o site Busca Descontos, está com uma página especial sobre o Black Friday (www.walmart.com.br/blackfridaybr), desde o início da madrugada, durante 24 horas com descontos bem agressivos em diversas categorias. Um dos exemplos é o HD Externo Portátil de 500 GB, com entrada USB Seagate de R$ 349,00 por R$ 199,00.

A Apple rebatizou a Black Friday para facilitar a vida de alguns brasileiros, que não conhecem a história da onda de promoções americana. “Um dia de compras Apple” é o nome da campanha desenvolvida somente nesta sexta-feira (26) pela marca no Brasil. Os itens incluídos no evento estão com frete grátis.

Nas lojas Americanas, o preço de um barbeador passou de R$ 199,90 para R$ 99,90. O mesmo ocorreu com uma cadeirinha de bebê, cujo valor foi reduzido de R$ 199,90 para R$ 99,90. As outras operações que aderiram à Black Friday pelo site Busca Descontos são: CompraFácil, NetShoes, Ponto Frio, Extra, Shoptime, Saraiva, EletroShopping, Shoestock, Ipiranga, Centauro, Submarino e Sack’s.

Nos Estados Unidos, a Black Friday vem mudando seu estilo devido à tecnologia. Se antes os consumidores faziam filas em frente às lojas físicas, hoje a corrida de compras se faz mais pela internet. Uma matéria foi publicada sobre este assunto na CNN.

O entusiasmo é tanto, inclusive no Brasil, que as expressões Black Friday e #blackfridaybr já estavam entre as mais citadas do Twitter no início desta manhã.

Fonte: JOrnal do Comércio

(Visited 16 times, 1 visits today)