Tire suas dúvidas: o que é permitido e o que não é, na hora de votar neste domingo

Neste domingo (3) acontecem as eleições em todo o País. O assessor da corregedoria do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), Orson Lemos, tira as principais dúvidas.

A votação começa às 8h e vai até as 17h.  Quem estiver na fila neste momento recebe as senhas e fica lá pra votar. Caso alguma urna apresente falhas, ela será religada e, caso o problema persista, ela será substituída.

Confira a seguir quais são as principais dúvidas de eleitores na hora da decisão, como utilização do Título de Eleitor, roupa adequada, como justificar o voto, etc.

TÍTULO DE ELEITOR
Não é mais obrigatório apresentar o Título de Eleitor na hora e votar, apenas um documento oficial com foto: “recomendamos que levem os títulos mesmo assim, pois agiliza o atendimento, já que a urna é acionada com o número dele. O mesário, então, não vai precisar ficar procurando por esse número”, informou Orson Lemos (foto), assessor da Corregedoria do TRE.

JUSTIFICATIVA
A justificativa eleitoral pode ser impressa na internet. Com o documento (foto 2) preenchido, o eleitor comparece em qualquer seção eleitoral. O mesário vai digitar na urna esses dados, autenticar o canhoto e o eleitor terá a comprovação de que justificou o voto. Essa opção é válida apenas para os votantes que estão fora do seu domicílio eleitoral.

ADEREÇOS
O eleitor pode votar silenciosamente com sua bandeira, broche ou adesivo. Camisa e boné, porém, não podem ser usados. No espaço eleitoral, caso o eleitor se reúna com outras pessoas para divulgar seu candidato, isso pode configurar crime.

ROUPA ADEQUADA
“O presidente da mesa é quem tem autoridade para deixar entrar os votantes na seção. A recomendação é que a pessoa não vá de roupa de banho, sem camisa ou com uma roupa muito pequena. O eleitor pode ir de chinelo, camiseta, bermuda”, disse Orson.

BOCA-DE-URNA
É considerada boca-de-urna toda tentativa do eleitor em transmitir sua intenção de voto para outros eleitores. Ele não pode ficar nas esquinas ou nas filas induzindo as demais pessoas a votarem em seus candidatos.

VOTO EM TRÂNSITO
As pessoas que não estão em seu domicílio eleitoral e se cadastraram nos cartórios até o dia 15 de agosto poderão votar apenas para presidente. Em Pernambuco 3.070 eleitoras optaram por essa categoria e irão votar no aeroporto ou na Avenida Rui Barbosa.

TOTALIZAÇÃO DE VOTOS
No Tribunal Eleitoral de Pernambuco (TRE), nas Graças, há uma sala no primeiro andar onde é feito todo o monitoramento dos locais onde há votação no Estado. Existe no espaço o equipamento de totalização, uma máquina que recebe os dados e calcula a quantidade de votos.

Lemos explicou ainda que em Fernando de Noronha, por conta do fuso, a votação é iniciada uma hora mais cedo em relação ao resto do Estado e, por isso, os dados da Ilha tendem a chegar mais cedo na totalização.

MESÁRIOS
Muitas pessoas temem chegar muito cedo nas seções porque, caso o mesário falte, será chamado para ocupar a vaga. O assessor explica que não é bem assim. Existem quatro mesários por seção, além dos substitutos. “Vai ser chamado o eleitor para ocupar a vaga, como a lei determina, apenas se faltarem muitos mesários, incluindo o substituto”.

URNAS BIOMÉTRICAS
Nos municípios de Itamaracá, Itapissuma, Rio Formoso e Tamandaré, a população cadastrada vai votar em urnas biométricas. O eleitor vai acionar a urna através da sua impressão digital: “é uma forma a mais para a identificação do eleitor”, disse o assessor.

“COLA”
Para evitar acidentes de memória e acabar esquecendo o número do candidato desejado, é importante levar uma ‘cola’ na hora de votar. A medida também agiliza o processo. O primeiro voto é para deputado estadual, que tem cinco dígitos, depois federal, com quatro, os dois senadores, cada um com três dígitos, o governador, com dois, e por fim o presidente, também com uma dezena.

PRESIDIÁRIOS
Orson Lemos informou que existem 2.013 presos cadastrados em Pernambuco e que vão votar. O Aníbal Bruno tem 441 presos que vão votar. São detentos que ainda não possuem condenação e, por isso, têm esse direito.

TEMPO LIMITE
O tempo de um minuto e meio é apenas uma média. A urna avisa que o eleitor está demorando e os demais podem ficar impacientes, mas ninguém pode entrar na cabine, nem o mesário, para ajudá-lo. Se for necessário, o eleitor deve sair da cabine, aprender com uma cola retornar para finalizar o voto.

VOTO DE PORTADORES DE DEFICIÊNCIA
Qualquer urna estará programada para o deficiente visual: toda tecla possui o sistema braille. Se no momento de sua inscrição, ele informou que não sabia braille, a urna dispõe de fone de ouvido, para ele ouvir e votar.

Caso a pessoa tenha sofrido um acidente, como quebrar o braço, a pessoa pode levar uma pessoa de sua confiança, apresentar à banca dos mesários e ela poderá entrar junto com o votante na cabine.

CORREÇÃO DE VOTO
Caso o eleitor digite errado, basta apertar a tecla “corrige”. Uma vez escutado o som de confirmação, ele já não pode mais voltar atrás. O candidato terá o voto anulado caso ele confirme um número inexistente ou vote no mesmo senador duas vezes.

VOTO FACULTATIVO
O voto facultativo é uma categoria que abrange pessoas entre 16 e 18 anos, acima de 70 anos e analfabetos. Essas pessoas, se não comparecem, e não justificam, não terão prejuízo, mesmo possuindo Título de Eleitor.

USO DE CELULAR
É proibido portar celular, câmera fotográfica ou objetos similares. Caso o eleitor leve, ele precisa deixar na banca.

LEI SECA
É proibido vender e consumir bebidas alcoólicas entre as 5h e 18h do domingo. Mas há uma exceção para bares e restaurantes filiados a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel): “de acordo com uma liminar, foi concedida pelo Tribunal de Justiça,em decorrência de mandado de segurança interposto pela Abrasel [a permissão de venda de bebidas alcóolicas] apenas em bares e restaurantes filiados a essa associação. Em relação aos demais estabelecimentos e consumo normal na rua, continua proibido”, informou o secretário de Defesa Social Wilson Damázio.

Fonte: http://pe360graus.globo.com

(Visited 732 times, 1 visits today)