Uso indevido de anabolizantes pode levar à morte. Veja entrevista sobre o assunto

A pouco tempo, (em janeiro/2010) uma jovem morreu após usar substâncias para cavalo, usadas como anabolizantes. E pensando nisso vem novamente a preocupação sobre o uso indevido de substâncias usadas em animais e o uso de anabolizates sem qualquer control médico, causando uma série de problemas na saúde, bem graves, podendo levar a morte como foi o caso citado acima. É triste, mas apesar de informações, os jovens não ligam e fazem de tudo para terem o corpo perfeito, mesmo que para isso lhe custe a própria vida.

Os anabolizantes pertencem a um grupo de drogas que tem indicação muito precisa na medicina. Grande parte dessas drogas é vendida nas academias e entra no Brasil de maneira ilícita, sem que se saiba exatamente de onde vêm nem como são fabricadas. Na pressa de conseguir o efeito desejado, muitos a utilizam em doses absurdamente altas que interferem no equilíbrio geral do organismo.

Por falta de informação ou apesar dela, os jovens continuam correndo atrás dos anabolizantes cuja comercialização transformou-se numa atividade clandestina e muito lucrativa.

A entrevista abaixo do Dr. Drauzio Varella com o Dr. Bernardino Santi, explica melhor o uso indevido dessas rogas e suas consequências:

Drauzio Você poderia explicar o que é um anabolizante?
Bernardino Santi – Os anabolizantes incrementam a síntese de determinadas substâncias musculares e ósseas, mas somente os médicos podem prescrevê-los. Seu uso exige controle rigoroso, pois podem causar problemas de saúde muito sérios.
Do ponto de vista médico, são drogas utilizadas para tratamento de algumas doenças consumptivas, que desgastam a musculatura e os ossos, e como reposição hormonal para os portadores de hipogonadismo, que sofreram algum tipo de trauma testicular ou desenvolveram um tumor e tiveram os testículos subtraídos. Os esteróides anabolizantes são também indicados para os astronautas que ficam muito tempo no espaço e têm perdas significativas da massa óssea e muscular.

DrauzioQue problemas os anabolizantes provocam?
Bernardini Santi – Os anabolizantes foram descobertos com o intuito de tratar determinadas doenças, mas algumas pessoas descobriram que seu uso pode incrementar o aumento de massa muscular e é aí que começam os problemas.
Vamos pegar o caso do adolescente interessado na colega de escola que quer ficar bonito para impressionar a garota. Ele começa a fazer ginástica, mas percebe que levará tempo e terá de esforçar-se muito para atingir o objetivo almejado porque os resultados não vêm de uma hora para outra. Nesse momento, um profissional da academia que freqüenta ou um amigo lhe fala de uma determinada substância que ajuda a desenvolver a musculatura mais depressa. O garoto se interessa e decide experimentar. Obviamente, os primeiros resultados não tardam a aparecer, a forma do corpo melhora, e isso o estimula a usar cada vez mais os esteróides anabolizantes, drogas que mexem com a estrutura hormonal e com outras estruturas fisiológicas do organismo, acarretando graves conseqüências que podem, sem dúvida, levar à morte.

DrauzioSei que a pergunta é delicada, mas existe uma dose segura para quem deseja ficar com massa muscular mais exuberante?
Bernardino Santi – Estou certo de que não há nível seguro de dosagem porque não temos como controlar o sistema endocrinológico, que nem sequer foi, ainda, totalmente elucidado. Até hoje, estamos estudando o comportamento das células sob a ação dos hormônios sem ter chegado a conclusões definitivas.
Por isso, as pessoas devem treinar, alimentar-se adequadamente e procurar um profissional especialista em medicina esportiva quando querem melhorar sua performance. Existem médicos cadastrados pela Sociedade Brasileira de Medicina Esportiva que estão capacitados para indicar aminoácidos ou outra suplementação necessária para cada indivíduo em particular.
Os anabolizantes são medicamentos estritamente de uso médico para doenças específicas. Para pessoas doentes e não para pessoas sadias. Embora haja colegas que prescrevam essas substâncias para tornar a musculatura mais exuberante, isso é conseguido de forma artificial e insegura e tem sido alvo de enorme discussão.

Drauzio Adolescentes que estão tomando anabolizantes podem suspender o uso de uma vez ou devem descontinuá-lo gradativamente?
Bernardino Santi – A orientação é que suspendam o uso de uma vez, façam controles da função hepática e renal (existem exames de sangue para isso) e procurem um cardiologista. É preciso restabelecer a homeostasia e colocar o organismo nos eixos.
A experiência tem mostrado que a parada gradativa não funciona para os anabolizantes, assim como não funciona para quem se propõe a deixar de fumar. Agindo dessa forma, as pessoas estão só se enganando, pois continuam utilizando uma substância que compromete sua saúde.

DrauzioQuais são as funções fisiológicas e os órgãos mais afetados?
Bernardino Santi – O fígado é um dos órgãos acometidos e são freqüentes os casos de hepatomas, de câncer de fígado. O uso de anabolizantes provoca também atrofia testicular. Jovens de 28, 30 anos apresentam azoospermia (ausência de espermatozóides), diminuição da libido e impotência porque a droga mexe com o equilíbrio hormonal.
Quem toma esteróides anabolizantes, além de problemas de pele, como a acne, e perda de cabelo, pode ter complicações cardíacas muito graves, porque essas drogas aumentam o nível do mau colesterol e diminuem o do bom colesterol no sangue e está mais sujeito a infartos e anginas.

Ver entrevista completa no link drauziovarella.com.br
Dr. Bernardino Santi é médico do Comitê Olímpico Brasileiro, da Confederação Brasileira de Boxe e Kickboxing e Coordenador Estadual do Controle de Dopagem da CBF (Confederação Brasileira de Futebol).

(Visited 64 times, 1 visits today)