Gonorreia vira superbactéria resistente a antibióticos

Gonorreia é uma doença sexualmente transmissível (DST), se tornou uma superbactéria, resistente a todos os antibióticos recomendados para o tratamento da doença, e passa a ameaçar a saúde pública global. As informações são do Daily Mail. De acordo com os cientistas, foi descoberta uma variação da DST no Japão, chamada H041. Magnus Unemo, do Laboratório de Referência Sueca para Neisseria Patogênicas, definiu a situação como “alarmante”.

Para a gonorreia comum existe um tratamento simples, no entanto, a mutação da doença exigiu o teste de medicamentos desconhecidos no intuito de combater a superbactéria. A análise da equipe concluiu que o organismo é extremamente resistente a todos os antibióticos da classe das cefalosporinas – as drogas eficazes no tratamento contra a gonorreia.

“Desde que os antibióticos se tornaram o tratamento padrão para a gonorreia em 1940, esta bactéria tem demonstrado uma notável capacidade de desenvolver mecanismos de resistência a todos os medicamentos introduzidos para controlá-lo”, disse Magnus Unemo, do Laboratório de Referência Sueca para Neisseria Patogênicas. Segundo ele, a superbactéria pode se espalhar pelo mundo dentro de dez anos. Por isso, Rebecca Findlay, da saúde sexual da Family Planning Association (FPA), reforçou a importância do uso de preservativos como método preventivo da doença. “Obviamente, é melhor prevenir do que remediar”, afirmou.

A doença
A gonorreia é uma infecção bacteriana sexualmente transmissível. Se não tratada, pode levar à doença inflamatória pélvica, gravidez ectópica e infertilidade nas mulheres. A DST pode causar epididimite, uma condição dolorosa nos dutos ligados aos testículos que podem levar à infertilidade. A gonorreia ainda pode ser fatal, caso a bactéroa se espalhe para o sangue ou articulações.

A infecção ocorre principalmente entre jovens com idades entre 16 e 24 anos. Este perfil respondeu por quase metade dos 16,5 mil novos casos de gonorreia relatados em 2008.

Mais sobre Gonorreia.

Fonte: Terra

(Visited 80 times, 1 visits today)