Estresse e mau humor estimulam a fome e diminui sensação de saciedade, segundo pesquisa

Pesquisa mostra que estresse e mau humor engordam.

Há sim explicação científica por trás da vontade incontrolável de comer um doce após um dia “daqueles”. Uma pesquisa descobriu o mecanismo no organismo que em situação de estresse torna os alimentos gordurosos ainda mais irresistíveis e,  também faz com que a vontade de comer fique muito maior.

A importância de vencer o estresse e o mau humor está nos prejuízos acarretados com eles. Segundo os especialistas, em geral, os obesos que chegam aos consultórios também carregam um histórico de rotinas muito tensas. Tratar a obesidade exige, ao mesmo tempo, tratar a vida pessoal.

“O estresse é um fator ambiental que está presente desde a infância. Ele promove alterações no organismo que são cada vez mais estudadas”, afirma o presidente da Sociedade Brasileira de Diabetes, Saulo Dias. “O que já é comprovado é que em situações estressantes há aumento de produção de hormônios, como cortisona, adrenalina e impacto em neurotransmissores, que servem de gatilho para obesidade, hipertensão, diabetes e colesterol, principalmente para os que já tiverem influência genética.”

Não é à toa, afirma o médico, que o aumento de hipertensão (4% em um ano segundo o Ministério da Saúde) e dos casos de diabetes, acompanham também a escalada do estresse – uma seguradora de saúde constatou que entre as mulheres executivas, mais da metade são estressadas (51%).

Fonte: MeioNorte.com

(Visited 25 times, 1 visits today)