A poluição do ar nas cidades pode fazer mal à saúde mais do que imaginamos

Viver em uma grande cidade está deixando você doente. Essa é a conclusão a que chegou o médico patologista Paulo Saldiva, de São Paulo. Coordenador do Laboratório de Poluição Atmosférica Experimental da Faculdade de Medicina da USP, ele estudou as consequências da poluição do ar, da contaminação das águas, da quantidade de ruídos, das inundações e das ilhas de calor para a saúde de quem vive nos centros urbanos.

O resultado foi o livro Meio Ambiente e Saúde: o Desafio das Metrópoles, que acaba de ser lançado pelo Instituto Saúde e Sustentabilidade. A intenção da obra não é alarmar, mas fazer as pessoas pensarem sobre os males que a vida urbana nos causa, e com os quais nos acostumamos pouco a pouco.

Em suas pesquisas com poluição atmosférica, Saldiva descobriu que 4 mil mortes por ano em São Paulo são causadas pela poluição do ar – é como se cada habitante fumasse um a dois cigarros por dia. E 80% dessa poluição é causada por veículos.

Essa é uma das razões por que Saldiva vai para o trabalho de bicicleta.

Fonte/Autor: vidasimples.abril.com.br/edicoes/100/sustentabilidade/de-olho-no-ar-612923.shtml

(Visited 22 times, 1 visits today)