Seja eco fashion em 2010

Além de toda a preocupação em diminuir produtos não recicláveis do mundo para proteger o meio ambiente, como o plástico por exemplo, não devemos esquecer que no mundo da moda, o consumismo pode ter um alto custo ambiental. As roupas que usamos, muita vezes feitas com tecidos sintéticos, à base de poliéster, não são ecologicamente corretas. Mas dá para para ser criativa sem prejudicar tanto assim o meio ambiente.

Vejam 10 dicas de como ser eco fashion em 2010:

Por Biti Averbach

1) Mude a combinação

Se você sempre acha que não tem roupa pra sair ao abrir seu guarda-roupa, use a criatividade com o que você já tem, experimente novas combinações, sobreponha peças, misture estilos, perca o pudor com as cores. Além de economizar dinheiro, você estará diminuindo a quantidade de lixo descartado.

2) Custo x benefício

Consuma de forma mais inteligente. Invista em peças de qualidade que, mesmo custando mais, irão durar por várias estações. Para renovar o visual, combine seus clássicos com acessórios charmosos: echarpes, colares e brincos vistosos, cintos, sapatos, botas e chapéus.

3) Comércio justo

Preste atenção em quem fabrica o que você veste. Algumas grandes marcas que vendem muito barato escondem uma feia realidade: a exploração de trabalhadores, o uso de mão de obra escrava e até mesmo infantil.

4) Eco-fabrics

O que você veste tem grande impacto no meio ambiente. Tecidos sintéticos, à base de poliéster, demoram 200 de anos para se decompor na natureza. As plantações de algodão, por outro lado, usam pesticidas altamente tóxicos em grande quantidade. A saída é optar por roupas de algodão orgânico, sempre que possível.

5) Segunda chance

Foi-se o tempo em que os brechós eram lugares entulhados e poeirentos. Hoje, existem lojas que vendem roupas de segunda mão em ótimo estado, organizadas e limpas. Frequente-as para adquirir ítens em conta, ou para vender aqueles que não usa mais.

6) Troca-troca

Organize um evento de trocas com os amigos, em que cada um leva um certo número de peças e tem direito a escolher outras.

7) Agulha e linha

Se você tem habilidade em trabalhos manuais, faça um curso de corte e costura, ou aprenda a tricotar. Assim, além de ter o prazer de criar e vestir algo original, você evita o impacto ambiental da etapa de confecção industrial.

8 ) Couro verde

Procure comprar acessórios feitos de couro vegetal que não utilizam cromo no curtimento. Um parte dessa substância pode oxidar, tornando-se tóxica e poluindo a água usada no processo.

9) Conta gotas

Lave suas roupas com água fria e ecologicamente correto, e seque-as no varal, evitando o uso da secadora. Uma única camiseta, lavada a 60ºC, secada na máquina e passada a ferro, libera 4 quilos de emissões de dióxido de carbono em sua vida útil. Isso equivale a a uma viagem de avião de 27 quilômetros!

10) This is not a plastic bag

Acostume-se a levar uma sacola de pano dentro da bolsa, para evitar o uso de sacos plásticos descartáveis.

Por Biti Averbach, do blog modasemfrescura.com | Este texto é disponibilizado nos termos da licença Creative Commons.

(Visited 10 times, 1 visits today)