Modelos de bolsas para cada estilo de mulher: magrinha, baixinha, alta, etc.

A bolsa feminina é um acessório indispensável, mas nem todas caem tão bem assim como imaginamos. Isso porque cada mulher tem um estilo, um biotipo diferente, e acertar na combinação faz toda diferença.

Acessórios também podem “levantar” ou “derrubar” de vez qualquer visual. É preciso ficar atenta e saber quando e como usar cada um. Para isso selecionamos alguns modelos com dicas para você acertar no look.

Presença obrigatória na composição dos looks, a bolsa exerce papel fundamental na hora de valorizar aquilo que nós, mulheres, temos de melhor e disfarçar aquilo que não nos agrada tanto assim. “Saber o que ‘pode’ e o que ‘não pode’ não é uma ditadura, mas basta ‘vestir’ uma bolsa e se olhar no espelho para ver a diferença”, revela Bianca Freitas, gestora de estilo da Macadamia Bolsas. A profissional, que desenvolveu os 105 modelos da coleção primavera-verão 2011-2012 da marca, dá algumas dicas:

Mulheres altas:

As mulheres mais altas podem usar e abusar das desejadas maxi bolsas. Os shapes maiores e mais desestruturados combinam com esse biotipo. As altinhas também lucram quando o assunto é o tamanho das alças. Elas podem usar alças longas e de formas diferentes. Destaque para as alças transversais. As carteiras são charmosas e podem ser utilizadas por qualquer estilo de mulher, mas as altinhas devem escantear as mini bolsas, pois fica evidente a desproporcionalidade.

Macadamia Bolsas

clique na imagem para ampliar

Mulheres Baixinhas:

“Os melhores perfumes estão nos menores frascos”. Essa frase enaltece a delicadeza das mulheres de menor estatura. Agora, será que as pequeninas devem usar somente bolsas pequenas? A resposta é negativa. As mais baixinhas devem tomar alguns cuidados com o tamanho das bolsas, mas isso não significa que elas só poderão usar mini bolsas. Bianca Freitas diz que as maxi bolsas, por conta do tamanho deixam, o visual mais achatado e por isso devem ser evitadas, mas as bolsas médias, paixão nacional, têm passe livre. Outra dica da gestora de estilo é referente às alças que não devem ser muito compridas. “Alças muito compridas não ficam bem, pois deixam as bolsas na altura do quadril desvalorizando mais uma vez a baixa estatura. As baixinhas são muito charmosas e delicadas e devem aproveitar isso e utilizar as bolsas no antebraço”, diz a profissional.

Macadamia Bolsas

clique na imagem para ampliar

Mulheres Cheinhas:

As cheinhas possuem charme e muita personalidade. Para evitar excessos e erros na hora de compor o look, elas devem prestar atenção nessas dicas valiosas. A primeira delas é escolher bolsas mais largas e estruturadas, com shapes mais definidos. Isso ajudará a alongar a silhueta. Optar pelos tamanhos grandes e médios e fugir dos pequenos. Atenção também na hora de carregar a bolsa. Nada de alças curtas na altura dos seios. Cuidado também com bolsas que batem na altura do quadril. Caso a pessoa tenha quadril um pouco avantajado isso chamará atenção para o ponto que muitas preferem disfarçar.

Macadamia Bolsas

clique na imagem para ampliar

Mulheres Magrinhas:

as mulheres estilo “mignon” também precisam anotar algumas dicas. O que umas precisam disfarçar outras precisam realçar. Como não possuem muitas curvas, as mulheres mais “sequinhas” podem escolher bolsas maiores e mais largas e devem usá-las acima da linha da cintura.

Macadamia Bolsas

clique na imagem para ampliar

SUPER DICAS:

Seios fartos: Não use bolsa com alça curta, aquela que deixa a bolsa na linha dos seios. Outra observação: Nada de bolsas caídas no ombro.

Quadril largo: Nem pense em usar a bolsa na linha do quadril. Opte por alças que deixem a bolsa na linha dos seios ou no antebraço. Isso proporcionará um equilíbrio.

Quadril estreito: Bolsas muito pequenas na altura do quadril devem ser evitadas. Use bolsas maiores e aí, sim, na linha da cintura ou um na linha do quadril. Esse truque é infalível e deixará as curvas mais evidentes.

Fonte: AnitaMulher / Macadamia Bolsas

(Visited 469 times, 1 visits today)