Está grávida?! Saiba o que não pode faltar na sua alimentação

Durante a gravidez a mulher precisa tomar muitos cuidados, principalmente nos primeiros meses em que o tubo neural do bebê está em formação. Isso não quer dizer que os meses restantes da gravidez você pode relaxar, cada fase da gestação exige muitos cuidados. E um cuidado muuuito importante é com a alimentação.

Bom, quem já tem predisposição a engordar, é bom não cair naquela história de que tem que comer por dois, de fato você agora vai ter que comer BEM, lembrando que quantidade não quer dizer qualidade. Há certos nutrientes que são imprescindíveis consumir. Ok?! Então, vamos ver alguns alimentos que devemos incluir na dieta da gestante e os que devemos evitar.

O que você deve comer na gravidez

Ácido fólico: é importante para formação do tubo neural do bebê. Você encontra em miúdos, feijão branco, legumes, verduras verde-escuras, como brócolis, espinafre e couve.

Vitamina D: ajuda o organismo no aproveitamento do cálcio. Há vitamina D no leite, fígado, sardinha, salmão, atum.

alimentação-para-grávidas

Vitamina C: ajuda na absorção do ferro pelo organismo. Há em frutas cítricas.


Ferro
: na gravidez é mais importante ainda, porque o seus bebê vai precisar de muito ferro para se desenvolver e, o ferro previne anemia. Fontes de ferro: miúdo, verduras verde-escuras, fígado, gema de ovo (lembre-se que a gema não deve estar malcozida), frutas secas.e vegetais folhosos.

Cálcio: essencial para a formação óssea do bebê e ajuda também na estrutura óssea da gestante. Você encontra no iogurte, queijos, ricota, leite, couve, semente de girassol e linhaça, gergelim.

Fibras: na gestação o intestino tende a ficar meio lento, e as fibras auxiliam melhorando seu funcionamento. Consuma alimentos integrais (arroz, massa, pão, cereal), verduras, legumes crus, frutas com casca e bagaço.

Líquidos: Ingerir muito líquido ajuda o organismo a funcionar melhor. Você deve beber de 2 a 3 litros por dia, principalmente água.

O que você não deve comer na gravidez

Evite: álcool; café; alimentos mal cozidos, gema de ovo malcozida, por exemplo; carnes cruas; adoçantes com aspartame, ciclamato e sacarose (se for consumir prefira os mais naturais como frutose); chás mate ou preto, refrigerantes à base de cola; sal e doces em excesso.

Dicas para amenizar o enjoo na gravidez

O enjoo incomoda muitas mulheres principalmentes nas 12 primeiras semanas, resultado da alteração hormonal.

Alimentos gelados e ácidos, como limonada ou abacaxi, aliviam os sintomas, ótimo para aquele enjoo matinal.

Muitas gestantes sentem muita fome, a ansiedade ou desequilíbrio de nutrientes podem está relacionados a isso, mas procure sempre orientação médica para uma boa alimentação e demais cuidados.

Saiba que o aumento excessivo de peso está relacionado ao risco de desenvolvimento de diabetes gestacional e hipertensão arterial, sem falar na dificuldade em voltar ao peso anterior quando se engorda muito.

Portanto, fique atenta, faça o pré-natal direitinho e cuide muito bem da sua alimentação.

 

Com informações de:

Carreiro DM, Correa MM. Mães saudáveis tem filhos saudáveis. Editora: do autor. 2010.

(Visited 714 times, 1 visits today)