Por que temos tendência a imitar o que vemos?

Nosso cérebro é o culpado por temos a tendência de imitar tudo que vemos os outros fazerem. Um exemplo é  bocejo, uando vemos alguma pessoa bocejando, logo nos da vontade de bocejar também, dizemos então que o bocejo é contagioso. Se observamos uma pessoa dando boas gargalhadas, logo depois sentimos vontade também de rir.

Mas por que essas atitudes são consideradas meio “contagiosas”?

Primeiro porque aprendemos observando as pessoas à nossa volta e repetimos os mesmo atos, desde pequenos é assim que aprendemos sobre as atitudes, sobre as ações dos seres humanos.

Em nosso cérebro, no cortéx pré-motor é onde ficam os neurônios-espelho, responsáveis por refeletir as ações que vemos. Mas então porque isso não acontece sempre? E é nítido que não vivemos sempre assim imitando os outros, isso é graças a outra parte do cérebro, o córtex pré-frontal que impede que a imitação feita pelos neurônios-espelho seja executada e vire um gesto, o que não seria muito legal não é?!

No caso do bocejo, é porque foge um pouco ao controle do córtex pré-frontal e não são bloqueados. E aí quando vemos alguém bocejando, acaba se tornando um estímulo para as pessoas que nos observam.

(Visited 96 times, 1 visits today)