Ciência: Gatos criam uma espécie de cascata em reverso ao beber água

O estudo é mais que uma curiosidade. Ele pode oferecer ideias para o movimento de líquidos por meio de robôs, disse a equipe do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, Virginia Tech e Universidade de Princeton.

O movimento que o gato faz para beber não ergue a água, mas usa a inércia para criar uma espécie de cascata em reverso, informaram cientistas.

Quando um cão bebe, ele forma um copo com a língua e arremessa a água em sua boca – e, frequentemente, no chão, como todo dono de cachorro sabe. Gatos curvam a língua ao contrário dos cães.

Escrevendo na revista Science, os pesquisadores disseram ter usado vídeo de alta velocidade para analisar como o movimento faz a água ir parar na boca do felino.

“Quase todo mundo já observou um gato doméstico beber água ou leite. Mas a observação casual dificilmente captura a elegância e complexidade do ato, já que o movimento da língua é rápido demais para o olho humano”, escreveram Roman Stocker, do MIT, e colegas.

A água adere à ponta da língua do gato. Quando animal ergue a língua, a inércia permite que o líquido suba numa coluna, dizem os pesquisadores.

Controlar a velocidade do movimento permite que o gato leve a água para a boca antes que a gravidade a puxe de volta. Um gato doméstico consegue dar cerca de quatro lambidas na água por segundo. Felinos maiores têm ritmos menores.

Ajudar esses movimentos ajuda os físicos a entender a relação entre gravidade e inércia, disseram os autores, e pode ajudar  a projetar robôs e outros mecanismos.

Fonte: estadao.com.br

(Visited 25 times, 1 visits today)