“Espermatozóides fritos”? Veja alguns cuidados que os homens têm que tomar

De acordo com um estudo realizado na Universidade de Giessen, na Alemanha, a temperatura dos assentos aquecidos, disponíveis em alguns carros, é prejudicial aos homens, podendo afetar a produção de espermatozóides e, conseqüentemente, a fertilidade. Isso porque, para que essa produção aconteça de forma satisfatória, a condição ideal é que os testículos estejam um ou dois graus abaixo da temperatura média do corpo (37ºC).

Os pesquisadores analisaram a temperatura dos testículos de 30 homens saudáveis que passaram 90 minutos sentados em poltronas aquecidas. A temperatura média observada aumentou para 37,3ºC e a máxima foi de 39 ºC. Apesar do aumento relativamente pequeno na temperatura, a diferença, segundo especialistas, é suficiente para prejudicar o processo de produção de espermatozóides.

 

Notícia da BBC Brasil

(Visited 9 times, 1 visits today)